MINISTÉRIO FAMÍLIA - CEI ARARUAMA

Resgatando o valor da Família... Sejam bemvindos!

PACIÊNCIA, VOCÊ AINDA TEM?

Família e graça Hoje recebi um e-mail com uma reflexão do Arnaldo Jabor que me fez repensar o meu grau de paciência. Se você conseguir ler até o fim, vai fazer bem para a sua alma.




por Arnaldo Jabor



O mais difícil é ajudar em silêncio, amar sem crítica, dar sem pedir,

entender sem reclamar...

A aquisição mais difícil para nós todos chama-se paciência.

Ah! Se vendessem paciência nas farmácias e supermercados... Muita gente

iria gastar boa parte do salário nessa mercadoria tão rara hoje em dia.

Por muito pouco a madame que parece uma 'lady' solta palavrões e berros

que lembram as antigas 'trabalhadoras do cais'...

E o bem comportado executivo? O 'cavalheiro' se transforma numa 'besta

selvagem' no trânsito que ele mesmo ajuda a tumultuar...

Os filhos atrapalham, os idosos incomodam, a voz da vizinha é um

tormento, o jeito do chefe é demais para sua cabeça, a esposa virou uma

chata, o marido uma 'mala sem alça'.

Aquela velha amiga uma 'alça sem mala', o emprego uma tortura, a escola

uma chatice.

O cinema se arrasta, o teatro nem pensar, até o passeio virou novela.

Outro dia, vi um jovem reclamando que o banco dele pela internet estava

demorando a dar o saldo, eu me lembrei da fila dos bancos e balancei a

cabeça, inconformado...

Vi uma moça abrindo um e-mail com um texto maravilhoso e ela deletou sem

sequer ler o título, dizendo que era longo demais.

Pobres de nós, meninos e meninas sem paciência, sem tempo para a vida,

sem tempo para Deus.

A paciência está em falta no mercado, e pelo jeito, a paciência

sintética dos calmantes está cada vez mais em alta.

Pergunte para alguém, que você saiba que é 'ansioso demais' onde ele

quer chegar?

Qual é a finalidade de sua vida?

Surpreenda-se com a falta de metas, com o vago de sua resposta.

E você?

Onde você quer chegar? Está correndo tanto para quê? Por quem?

Seu coração vai agüentar?

Se você morrer hoje de infarto agudo do miocárdio o mundo vai parar?

A empresa que você trabalha vai acabar?

As pessoas que você ama vão parar?

Será que você conseguiu ler até aqui?

Respire... Acalme-se...

O mundo está apenas na sua primeira volta e, com certeza, no final do

dia vai completar o seu giro ao redor do sol, com ou sem a sua

paciência....

A sensatez de Herbert Viana

Canção para refletir:


Pelo amor de Deus, eu não quero usar nada nem ninguém, nem falar do que não sei,



nem procurar culpados, nem acusar ou apontar pessoas,


mas ninguém está percebendo que toda essa busca insana pela estética ideal é muito menos lipo-as e muito mais piração?


Uma coisa é saúde outra é obsessão.


O mundo pirou, enlouqueceu.


Hoje, Deus é a auto-imagem. Religião é dieta.


Fé, só na estética. Ritual é malhação.


Amor é cafona, sinceridade é careta, pudor é ridículo,sentimento é bobagem.


Gordura é pecado mortal. Ruga é contravenção.


Roubar pode, envelhecer não. Estria é caso de polícia. Celulite é falta de educação.


'Canalha' bem sucedido é exemplo de sucesso.


A máxima moderna é uma só: pagando bem, que mal tem?


A sociedade consumidora, a que tem dinheiro, a que produz,


não pensa em mais nada além da imagem, imagem, imagem.


Imagem, estética, medidas, beleza. Nada mais importa.


Não importam os sentimentos, não importa a cultura, a sabedoria, o relacionamento, a amizade, a ajuda, nada mais importa.


Não importa o outro, o coletivo.


Jovens não tem mais fé, nem idealismo, nem posição política.


Adultos perdem o senso em busca da juventude fabricada.


Ok, eu também quero me sentir bem, quero caber nas roupas, quero ficar legal, quero caminhar correr, viver muito, ter uma aparência legal mas…


Uma sociedade de adolescentes anoréxicas e bulímicas, de jovens lipoaspirados, turbinados aos vinte anos não é natural. Não é, não pode ser.


Que as pessoas discutam o assunto. Que alguém acorde. Que o mundo mude. Que eu me acalme. Que o amor sobreviva.


‘ Cuide bem do seu amor, seja ele quem for ‘

Área reservada aos pesquisadores de plantão

Devemos ser pais

Vídeos que edificam

Loading...

Seguidores

Artigos que encontrei

O sentimento patriótico
A Educação do Patriotistmo
Patriotismo - auto-avaliação das virtudes humanas
Levantar o ânimo das pessoas
A desordem moral e a desmotivação na escola
Amamentação dos bebês e saúde bucal
A liberdade como superação
Theatro Municipal do Rio de Janeiro - Cem anos de história - Entrevista com a Primeira Bailarina – Ana Botafogo - Por Wellen de Barros
A III Guerra Mundial
Luta contra as drogas, de Fábio Henrique Prado de Toledo na Coluna "Assuntos de Família"
Estudo mostra que televisão limita o diálogo entre mães e filhos
Casamentos arruinados - Estudo detalha os altos custos econômicos do divórcio
Quem tem medo de amar?, de Floriano Serra na Coluna Crônicas da Vida a Dois
As dimensões da sexualidade, de André Gonçalves Fernandes na Coluna "Lanterna na Proa"
Brasileiro cria técnica para criar modelos de feto em 3D a partir de imagens do ultrassom
A verdadeira mãe workalcoolic
Artigos recentes
A importância do Pai - II
A geração profissional pós-crise: Novo desafio na gestão de pessoas
Veja um vídeo muito legal sobre Bodas de Casamento
Os responsavéis pela educação, por João Malheiro
Uma nova seção em nosso Portal: Família & Educação
Por uma renovação cultural, de Eduardo Gama na Coluna "Poemas e Canções"
11 conselhos para ensinar as crianças a pensar
Liberdade e Dor, de André Gonçalves Fernandes na Coluna "Lanterna na Proa"
A mágica do tempo
Amor e Chantilly, de Floriano Serra na coluna Crônicas da Vida a Dois
Os filhos e as brigas dos pais, por Fábio Henrique Prado de Toledo na Coluna "Assuntos de Família"